Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Central de
Atendimento

0

Frete Grátis

acima de R$299

Descontos

em pagamentos a vista

Entrega local

receba hoje

Pague com cartão

em ate 12x s/ juros

Segurança

Loja oficial

Atualizando informações ...

Kit Educação e Sexualidade

Marca: Devires

Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

ou

Descrição Geral
    _x000D_
  • Editora:  Devires
  • _x000D_
  • AUTORE(S): Sergio Luiz Baptista da Silva | ORGANIZADORE(S): Leonardo Nolasco-Silva | ORGANIZADORE(S): André Luiz Machado das Neves | AUTORE(S): Sara Wagner York
  • _x000D_
  • ISBN:  9000000002029
  • _x000D_
  • Edição:  1ª Edição
  • _x000D_
  • Formato:  16.00 x 23.00 cm
  • _x000D_
  • Páginas:  1200
  • _x000D_
_x000D_ _x000D_

 

_x000D_ _x000D_

Gênero e Sexualidade na Educação: uma perspectiva interseccional

_x000D_ _x000D_

Gênero e Sexualidade na Educação: uma perspectiva interseccional é destinado, sobretudo, às/aos professoras/es da Educação Básica que desejam estreitar o contato com as temáticas abordadas no livro, em diálogo com os seus pares do chão da escola e com pesquisadoras/es do cotidiano escolar. Não por acaso, o livro conta com autorias de variados Brasis. Certamen - te a leitura provocará novas reflexões sobre a temática, abrindo ou levando a outras questões. Esperamos que o livro possa inspirar aquela grande maioria de professoras/es que insistem em plantar dias vindouros e novas ações dentro da sala da aula, causando desconforto e gerando perguntas que nos auxiliem a repensar a nós mesmos, enquanto as sementes são lançadas...

_x000D_ _x000D_

Gênero, Sexualidade e trajetórias de escolarização

_x000D_ _x000D_

Pautando-se nas tensões existentes nas políticas educacionais e trajetórias de escolarização enquanto campos de disputas e palcos de processos de subjetivação, tanto direcionados à adequação e conformidade, quanto à constituição de processos criativos, subversivos e resistentes, as organizadoras e o organizador buscaram, com esse livro, contribuir para divulgação de conhecimentos e práticas produzidas no âmbito das ciências humanas e sociais, bem como auxiliar na formação de discentes e profissionais com reflexões sobre múltiplas dimensões que envolvem gênero e sexualidade na trajetória escolarização dos indivíduos e grupos.

_x000D_ _x000D_

O livro tem como marca transversal uma concepção crítica sobre o conservadorismo, a escola e as disputas nas políticas educacionais. Os diferentes capítulos, organizados em três partes, trazem como as tensões delineadas no cotidiano se expressam na formação e na relação entre indivíduos, grupos e instituições. A leitura do escrito evidencia o longo caminho que ainda resta para que a educação sexual se efetive nos diferentes níveis de ensino e que seus ganhos permeiem as formas de relacionamento social, vínculo afetivo, formas de organização do trabalho e do cotidiano. Os escritos evidenciam também o cenário atual de avanço de setores religiosos e políticos conservadores e anti-direitos que colocam em risco os tímidos avanços na educação sexual integral e saúde sexual e (não) reprodutiva no Brasil.

_x000D_ _x000D_

Assim, as organizadoras e o organizador pretendem que a coletânea instrumentalize problematizações; fundamente avaliação e produção de políticas públicas; inspire pesquisas e intervenções; e faça coro à produção crítica no campo de gênero e sexualidade. No entanto, se os anseios forem utópicos, que sirva, ao menos, para produzir estranhamento no leitor acerca das recentes políticas pautadas em moralidades que têm como foco a negação de direitos, inviabilização da liberdade de pensamento e invisibilizar as diferenças.

_x000D_ _x000D_

Insurgências pedagógicas na educação básica

_x000D_ _x000D_

A Coletânea ?Insurgências pedagógicas na Educação Básica? nos presenteia com quatorze artigos produzidos por ex-estudantes-cursistas e professores/as orientadores/as do curso de especialização em Gênero, Raça, Etnia e Sexualidade na Formação de Educadoras(es), promovido pelo CEGRES - DIADORIM/UNEB. São artigos que valorizam a prática pedagógica e a educação como instrumentos formativos e transformadores da existência humana, perspectivada pelos sujeitxs oprimidxs que ergueram a voz e fizeram-na ecoar contra os grilhões das estruturas que nos oprimem, e que tentam nos silenciar de todas as formas. Nesse atual contexto, de fortes retrocessos políticos na sociedade brasileira, essa Coletânea é a maior expressão de desobediência às estruturas epistemológicas fascistas, racistas, sexistas e

_x000D_
Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...