Sexualidades, juventude e representações docentes: Uma etnografia da educação básica em escolas públicas de Santa Catarina

Código: BFBZ8AQ6E
2x de R$ 20,00
R$ 40,00
Comprar Disponibilidade: Imediata
    • 1x de R$ 40,00 sem juros
    • 2x de R$ 20,00 sem juros
  • R$ 40,00 Mercado Pago
  • R$ 40,00 PagSeguro
  • R$ 40,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.
Organização: Miriam Pillar Grossi, Felipe Bruno Martins Fernandes e Fernanda Cardozo
Florianópolis/Tubarão: Tribo da Ilha/Copiart, 2017. 
 
Este livro é o resultado de uma etnografia coletiva realizada em 2007 e 2008 pelo Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades da Universidade Federal de Santa Catarina –  em nove escolas públicas de cinco regiões do estado de Santa Catarina . Respondendo a uma chamada do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde durante a segunda gestão do governo Lula (2007-2010), a equipe buscou compreender quais eram as representações sobre iniciação sexual e homossexualidades de professoras e professores do sistema público de ensino. A pesquisa teve como objetivo contribuir com o conhecimento sobre as questões de gênero e sexualidades no espaço escolar, a partir de um ponto de vista antropológico. Este livro tem também como uma das metas subsidiar professoras e professores da educação básica para uma prática mais igualitária em relação ao gênero e à sexualidade e gestores de políticas públicas na elaboração de ações que contemplem a questão da sexualidade no campo da educação. 
Quais os direitos de jovens, meninas e meninos, hetero, homo ou travestis/transexuais ao acesso à informação sobre gênero e sexualidade? Como prevenir violências e discriminações na escola? Como lutar contra os fundamentalismos que se opõe à educação critica e libertadora? Como transformar o espaço escolar em um lugar de respeito às diferenças? 
Nos sete capítulos que compõem esta obra, encontram-se análises e reflexões de pesquisadoras e pesquisadores de vários campos do conhecimento que, a partir da discussão coletiva de ideias, buscaram entender a educação pública catarinense tendo como foco as questões de gênero e a sexualidade. Em um momento político em que vivemos no Brasil um pânico moral em relação às políticas educacionais relacionadas às questões de gênero e orientação sexual , o livro traz uma
importante reflexão sobre o papel da escola na discussão destas temáticas. 

Produtos relacionados

2x de R$ 20,00
R$ 40,00
Comprar Disponibilidade: Imediata
Pague com
  • PagHiper
  • Mercado Pago
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

EDITORA DEVIRES - CNPJ: 26.877.292/0001-39 © Todos os direitos reservados. 2019

… }(document, 'script', '//fidelizarmais.com/areas/plugin/content/js/fmais-external-affiliate-program.js?ver=', '4eea3440-5b9a-4c66-8f45-dff13536b91e')); …