Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Central de
Atendimento

0

Frete Grátis

acima de R$299

Descontos

em pagamentos a vista

Entrega local

receba hoje

Pague com cartão

em ate 12x s/ juros

Segurança

Loja oficial

Atualizando informações ...

Fazer nada e transformar mundos: psicanálise em territórios de exclusão

Novidade

Marca: Devires
Disponibilidade: Disponível em 4 dias úteis

Por:
R$ 59,90

R$ 56,91 à vista com desconto Pix - PagBank
ou 12x de R$ 6,00 com juros Cartão de Credito - PagBank
Oferta termina em:
Simulador de Frete
- Calcular frete
Frete e prazo de entrega
Descrição Geral

ISBN:978-85-93646-55-3

Dimensões: 16 x 23

Páginas: 153

Autora: Raonna Martins

Este livro fala dos efeitos – e afetos – resultantes de anos de trabalho com a população em situação de rua, em territórios como a cracolândia paulista, marcados por precariedades, violência e também pelo fracasso das políticas públicas voltadas para o uso de álcool e outras drogas, bem como as apostas que foram possíveis nesse e em outros chãos da cidade.

Com linguagem direta e despretensiosa, sem nos poupar da bagunça, de dúvidas ou hesitações, recusando respostas rápidas e soluções definitivas, que sempre acabam fracassando e se repetindo, a autora nos conta como ainda é possível escutar o outro e transformar a vida de muita gente, inclusive dos profissionais que atuam nesses territórios de exclusão.

Olhando nos olhos de pessoas que normalmente nos recusamos a ver, mostra outras formas de lidar com a população em situação de vulnerabilidade social, ao mesmo tempo em que nos faz vislumbrar outra psicanálise e, quem sabe, novas formas de viver em nossas grandes cidades.

Sobre a autora

Raonna Martins tem o Sol em gêmeos, é filha de Oxóssi, mergulhadora e palhaça em formação. Estuda e escreve sobre experiências de escutas e reflexões psicanalíticas realizadas fora do setting tradicional. Desde 2010, trabalha, essencialmente, mas não de modo restrito, com pessoas em situação de rua, pessoas que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas, e pessoas que transitam entre as áreas da saúde mental, serviço social, direitos humanos, redução de danos, dentre outras intersecções, passando por alguns territórios diversos na cidade, desde o Grajaú até a “Cracolândia”, no centro de São Paulo

É graduada em Psicologia. Psicanalista. Mestre em Psicologia Social pela PUC- SP, com a dissertação A escuta ético-política na rua. Doutora em Psicologia Clínica pela USP, com a tese “Fazer nada” como dispositivo de intervenção clínica e política em territórios. Atualmente trabalha em consultório e realiza supervisões para redes de saúde e assistência social. Também é ativista e atua em projetos sociais, dentre eles é co-fundadora do bloco de carnaval Blocolândia,  que acontece no centro de São Paulo desde 2014.

Formas de Pagamento
Avaliações

Produtos visualizados

Carregando ...