Dandara Katheryn, a mulher de nome bonito

Código: 9786586481433
R$ 45,90
até 2x de R$ 22,95 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 45,90 sem juros
    • 2x de R$ 22,95 sem juros
  • R$ 45,90 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.
  • Editora:  Devires
  • AUTORE(S): Anderson Cavichioli
  • ISBN:  9786586481433
  • Edição:  1ª Edição
  • Formato:  16.00 x 23.00 cm
  • Páginas:  202

 

A repercussão nacional e internacional da história do assassinato de Dandara Katheryn ocorreu a partir da viralização nas redes sociais, no início de 2017, do vídeo que documentou a tortura que antecedeu seu assassinato, na periferia de Fortaleza. Desumanizada, vulnerável, solitária em meio a doze agressores e às testemunhas do horror. O impensável rompe com a normalidade que precede acontecimentos arrebatadores. No meio da vida, a imagem da morte. O corpo franzino, dilacerado, ensanguentado, transformado em entulho e transportado em um carrinho de mão. Mais uma travesti eliminada, sozinha diante da multidão. O que teria antecedido aquela cena, quais as razões das agressões, o motivo da morte? A história do corpo vilipendiado e da espetacularização do assassinato de Dandara poderia revelar os processos sociais que levam à precarização, marginalização, invisibilização, silenciamento, desumanização e extermínio das pessoas transexuais e travestis no Brasil. Esse foi o mote da pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos da Universidade de Brasília, sob orientação da Profª. Dra. Debora Diniz. A dissertação, aprovada em agosto de 2019, foi a inspiração para a escrita deste livro, que procurou compreender o horror daquele dia. A busca de respostas movimentou a pesquisa, serviu como estratégia para atravessar o luto e materializou a esperança de que a humanidade de uma travesti assassinada a resgatasse e a todas as outras da multidão das mortas esquecidas. A potência analítica de seu assassinato reside na possibilidade de extrair de uma história singular elementos que auxiliem na interpretação de um fenômeno mais amplo, que precisa ser nominado, como um gesto político, uma forma inicial de apreensão de experiências ou fenômenos escondidos, para fazê-lo existir, irromper a negação, superar a apatia, a indiferença e forçar nosso posicionamento. Anderson Cavichioli é pesquisador e mestre em direitos humanos pelo Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos da Universidade de Brasília e bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo, com especialização em Direito Penal. É ativista de direitos humanos das pessoas LGBTI+. Atua como delegado de polícia civil no Distrito Federal e, por ser agente de segurança pública, integra a Rede Nacional de Operadores de Segurança Pública LGBTI+ (RENOSP-LGBTI+), associação civil de direito privado, que congrega exclusivamente profissionais da segurança pública que se autoidentificam como LGBTI+. O principal objetivo da associação é atuar na defesa de direitos humanos. O autor é um de seus fundadores e o atual presidente, pelo segundo biênio. Atualmente, além de pesquisador de temas ligados à violência contra pessoas LGBTI+, exerce suas funções policiais na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher II, na cidade-satélite de Ceilândia-DF, vinculada ao Departamento de Polícia Especializada da Polícia Civil do Distrito Federal.
R$ 45,90
até 2x de R$ 22,95 sem juros
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • Pagar.me V2
Selos

EDITORA DEVIRES - CNPJ: 26.877.292/0001-39 © Todos os direitos reservados. 2021