Tecnodocências: a sala de aula e a invenção de mundos

Código: 2YVZD6QQY Marca:
2x de R$ 21,00
R$ 42,00
Comprar Disponibilidade: Imediata Estoque: 46 unidades
    • 1x de R$ 42,00 sem juros
    • 2x de R$ 21,00 sem juros
    • 3x de R$ 14,84
    • 4x de R$ 11,29
    • 1x de R$ 42,00 sem juros
    • 2x de R$ 21,00 sem juros
    • 3x de R$ 14,84
    • 4x de R$ 11,29
  • R$ 42,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Páginas: 246
Tamanho: 16x23 cm
ISBN 978-85-93646-31-7

Autor: Leonardo Nolasco-Silva

Trata-se de um livro nascido de muitas conversas. De professor para professor (e para estudantes e pais e diretores e todo mundo que reconhece na educação formal um palco onde a vida acontece). Um prólogo, dois atos e um epílogo. É livro que já foi tese de doutorado, mas poderia ser peça de teatro. É encenação que acontece em múltiplas plataformas (leia com o celular ao lado e navegue pelos QR Codes). O mote da história: como estudantes e professores inventam modos de habitar o mundo a partir da sala de aula? Como as tecnologias participam desses agenciamentos? Que reações são postas em movimento diante do desaprendido ou da invencionice? Escola “sem” partido? Que perigos oferecemos para que nos queiram com mordaças? A tecnologia que controla será a mesma que liberta? Não tem resposta certa, mas tentativas de entendimento. O livro é demoramento de afetos. É colcha de retalhos cerzida por muitos artífices (docentes e discentes). É um pouco da história de todos nós. É brincar de desatar os nós, criar mais laços e inventar, na escola ou na universidade, um mundo afeito ao que não tem governo nem nunca terá.

 

Léo é professor da Faculdade de Educação da UERJ. Desaprendeu Ciências Sociais na graduação, Políticas Sociais no mestrado, Literatura Comparada e Educação (em dois doutorados), Educação (de novo) num pós-doutorado e poesia com Manoel de Barros e Chico Buarque (em longas conversas inventadas). Escreveu dezenas de artigos e capítulos de livros, peças de teatro, músicas de três acordes, organizou livros e dossiês enquanto desorganizava a vida. Trabalha arduamente para fazer o desnecessário e é muito disponível para conflitos. Não votou em Jair Bolsonaro nas eleições de 2018.

 

SUMÁRIO

PREFÁCIO 7
AGRADECIMENTOS 15
NOTA DO AUTOR 19
PRÓLOGO 27
PRIMEIRO ATO: AS TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS
E A (TRANS) FORMAÇÃO DO PROFESSOR
Produzir-se professor 69
Traduções 82
Educação, controles e rebeldias 96
Docências e modos de fazer 117
SEGUNDO ATO: ARTESANIAS
Novos tempos velhos 134
Artesanias fílmicas para narrar o cotidiano, inventando-o 147
Chapeuzinho Vermelho do Metrô-Mangueira 151
Artesanias lúdicas 172
Artesanias manuais 183
Artesanias dramatúrgicas 205
Artesanias digitais 225
EPÍLOGO: CONSIDERAÇÕES FINAIS 233
POSFÁCIO 241
REFERÊNCIAS 243

 

2x de R$ 21,00
R$ 42,00
Comprar Disponibilidade: Imediata Estoque: 46 unidades
Pague com
  • PagHiper
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

EDITORA DEVIRES - CNPJ: 26.877.292/0001-39 © Todos os direitos reservados. 2019

… }(document, 'script', '//fidelizarmais.com/areas/plugin/content/js/fmais-external-affiliate-program.js?ver=', '4eea3440-5b9a-4c66-8f45-dff13536b91e')); …